Jornal Sudoeste Paulista
Sudoeste Paulista

JS Paulista Detalhes1 Foto Divulgação A volta dos trens de passageiros no Sudoeste Paulista: ativista avareense publica artigo sobre o assunto




Artigo
A volta dos trens de passageiros no Sudoeste Paulista: ativista avareense publica artigo sobre o assunto
Colaborou: J. Barreto
12/05/2018 • 22:55:57
Atualizada:
12/05/2018 • 22:59:54
  • Foto Divulgação
    Foto Divulgação
















































No mês de março último, aconteceram palestras na Câmara Municipal de Avaré, onde fora explanado por uma associação de preservação ferroviária chamada de Circuito Ferroviário Vale Verde, a iniciativa que poderá resultar na implantação de um trem turístico nos moldes da Estrada de Ferro Sorocabana, com a restauração de antigas locomotivas e carros de passageiros da época.

Conforme o projeto, a idéia é restaurar cerca de 120 km de linhas ferroviárias entre Itatinga e Bernardino de Campos, mais a reconstrução e restauração das estações de Itatinga, Avaré, Manduri, Cerqueira César e Bernardino de Campos.

No entanto, desde a visita dessa associação, pouco ou quase nada falou-se publicamente a respeito, mas por sorte nossa temos em Avaré, ativistas sociais como o senhor José Barreto, militante ativo em Avaré, que costumeiramente escreve artigos de interesse social.

J Barreto, como ele próprio assina seus artigos, escreveu sobre o tema, não deixando o assunto tão importante cair no esquecimento. Confira a seguir:

Avaré nos Trilhos

Quando daquele ciclo de palestras apresentado pelo CFVV no mês de março de 2018, participei durante os três dias do evento.  Fiquei bastante entusiasmado com o projeto, pois este é um sonho acalentado por boa parte dos avareenses, o qual,  com essa nova visão, deixa de ser apenas um saudosismo, mas que se torna um pólo turístico que abrangerá não somente Avaré, mas todo o sudoeste paulista.

Recentemente estive em contato com a equipe de voluntários que estão tocando esse projeto e fiquei ainda mais entusiasmado ao ter conhecimento daquilo que eles já conseguiram, e digo mais, são voluntários que não recebem pelo que estão fazendo.   Pelo que fiquei sabendo eles já conseguiram o direito à posse de todos os prédios que compõem o acervo da estação da antiga FEPASA e seu pátio, além do trole dos engenheiros e tudo o mais que pertence à mesma.  Já conseguiram o direito de uso da ferrovia desde Itatinga até Bernardino de Campos. Também conseguiram as locomotivas e os vagões de passageiros, para serem restaurados.  Como tudo nesse mundo, aqui também tem um porém, que é urgente e crucial, o qual será o transporte desses equipamentos até o pátio de nossa estação.  Como foi dito acima, tudo isso não terá custo para a Prefeitura, pois tudo é fruto de doações.  Todo aquilo que esteve e estará ao alcance da equipe ora atuante, ela o fará, mas ela espera e precisa contar com a colaboração de toda a sociedade, principalmente dos vereadores de Avaré e demais cidades que compõem este trajeto junto à suas bases, tanto quanto as Municipais, Estaduais e Federais, isso indistintamente de partidos, pois esse projeto é apartidário. Se você é ex-ferroviário, filho(a), neto(a) de ferroviário ou tenha fumaça no sangue, é de vocês que este projeto precisa, então venha unir forças a este grupo, pois isto representa seu passado e sua história.  Senhores empresários, senhores membros de Sociedades e Clubes de Serviços Públicos (Rotarianos e Maçons para mencionar alguns), venham juntar suas forças a esse projeto pois ele não tem dono, mas tem um ideal que ultrapassa o próprio tempo.  Ah, também lembrei que na nossa conversa me foi dito que o reconhecimento público e formal dos colaboradores e financiadores desse projeto. 

J. Barreto








Sudoeste Paulista
Nossa Missão é Integrar a Região • ©